INFORMAÇÕES GERAIS

 

PSICOLOGIA

Coordenador: Professor Mestre Fernando da Silveira Lobo
Grau Acadêmico: Bacharelado
Duração: 10 Semestres
Carga Horária: 4.960h
Área: Saúde
Vagas: 300

 

Sobre o Curso: O curso é voltado para aqueles que desejam trabalhar na prevenção, avaliação e tratamento de distúrbios físicos, funcionais e neuromotores.
Potenciais estudantes podem incluir jovens que recentemente concluíram o ensino médio e desejam seguir uma carreira no campo da saúde e reabilitação, bem como profissionais de saúde que buscam ampliar suas habilidades e conhecimentos na área da fisioterapia.
Além disso, pessoas que têm interesse em anatomia, fisiologia, biomecânica, cinesiologia, terapia manual, exercícios terapêuticos e outras disciplinas relacionadas à área da saúde e movimento também podem se interessar pelo curso de Bacharelado em Fisioterapia.

 

Mercado de Trabalho: Os egressos do curso de Bacharelado em Fisioterapia têm diversas oportunidades de trabalho em áreas relacionadas à reabilitação, promoção da saúde e qualidade de vida. Algumas possíveis áreas de atuação incluem:
Clínicas de Fisioterapia: Muitos fisioterapeutas trabalham em clínicas especializadas, oferecendo serviços de reabilitação para pacientes com lesões musculoesqueléticas, problemas neurológicos, respiratórios, cardiovasculares, entre outros. Hospitais e Clínicas médicas: Fisioterapeutas desempenham um papel fundamental em hospitais e clínicas, trabalhando em unidades de terapia intensiva, unidades de cuidados pós-operatórios, departamentos de fisioterapia respiratória, reabilitação cardíaca, neurologia, ortopedia, entre outros.
Centros de Reabilitação: Fisioterapeutas podem trabalhar em centros de reabilitação, oferecendo tratamento a pacientes com deficiências físicas, lesões medulares, acidentes vasculares cerebrais, amputações, entre outros. Esportes e Atividade física: Fisioterapeutas podem atuar no campo esportivo, trabalhando com atletas profissionais ou amadores. Saúde Pública: Fisioterapeutas podem trabalhar em programas de saúde pública, promovendo a prevenção de doenças, o envelhecimento saudável e a adoção de estilos de vida ativos. Ensino e Pesquisa: Alguns fisioterapeutas seguem carreira acadêmica, trabalhando como professores em instituições de ensino superior e conduzindo pesquisas científicas na área da fisioterapia. Além dessas áreas, os fisioterapeutas também podem buscar oportunidades em homecare, atendimento domiciliar, atuação em equipes multiprofissionais, consultoria em ergonomia e saúde ocupacional, entre outras.

 

Salário: No campo da Psicologia, as perspectivas salariais são variáveis e dependem da especialização, experiência, localização geográfica e área de atuação. Profissionais dedicados encontram oportunidades em clínicas, hospitais, escolas, consultórios particulares, instituições de pesquisa e recursos humanos. O reconhecimento desses profissionais reflete não apenas em uma remuneração competitiva, mas também em benefícios adicionais, possibilidades de crescimento na carreira e valorização pela expertise e dedicação na área da Psicologia. Esteja preparado para explorar um mercado diversificado, onde sua experiência e habilidades terão um impacto direto na qualidade dos serviços oferecidos e no progresso da sua carreira.

 
Links:

1 – PPC do curso
Clique aqui para visualizar detalhes

2 – calendário acadêmico